O chá verde bastante conhecido por suas propriedades emagrecedoras vem sendo considerado uma bebida da beleza e do bem estar. Originário da China e amplamente consumido no Japão e alguns país da Ásia, é resultado da infusão da planta Camellia sinensis e mantém a sua cor verde pelo fato de não sofrer nenhum processo de oxidação.

A composição do chá verde inclui diversas classes de flavonóides, dentre eles a catequina, além de cafeína, vitaminas do complexo B C e E, e minerais como o Cálcio, Magnésio, Fósforo, Ferro e zinco.

Seu uso ativa uma série importante de funções que previnem o organismo do surgimento de algumas patologias como a doença cardiovascular e alguns tipos de cânceres.

É um excelente antioxidante e, portanto, atua retardando o processo de envelhecimento;
Reduz o processo de peroxidação do LDL-c, corroborando para a redução do risco para doenças cardiovasculares;

É diurético o que otimiza a eliminação de substâncias tóxicas e restos metabólicos, reduz a retenção hídrica e ajuda na redução da celulite.

Ajuda no emagrecimento por conter a Epigalocatequina galato que inibe a enzima carboxilase acetil-coA que é essencial para a síntese de ácidos graxos.

Tem ação termogênica por conter também na sua composição a cafeína e, além disso, estudos referem que a associação da cafeína com a catequina podem trazer resultados mais eficazes para a redução de peso e, parece mobilizar mais gorduras na região abdominal.

Portanto, o chá verde quando associado a um acompanhamento nutricional individualizado e um plano de treinamento direcionado pode ser um excelente aliado na busca pela saúde e melhora na qualidade de vida.

Nutricionista Aline Ribeiro
CRN6 3656